18 de outubro de 2012

Fora do Jogo - Programa 3

Aqui está o vídeo do programa do passado dia 17 de Setembro, onde abordo o início da Divisão de Honra e 1ª Distrital, bem como as críticas ao Presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais, Joaquim Evangelista, que sugeriu as fusões entre os clubes de Gaia. Aguardo opiniões!!






10 comentários:

Anónimo disse...

Considerando o bairrismo referido, fusões, a existirem, apenas por vontade política, ou seja, autárquica, uma vez que a CMG tem sido um importante financiador - ao nível das infra-estruturas, desde logo - da generalidade dos clubes. Neste aspecto, será interessante ver o impacto da redução de freguesias na condição dos clubes das freguesias mais implicadas. De resto, apenas relembro uma entrevista feita por este blogue ao presidente do Coimbrões há uns 2 anos, na qual ele refere a proposta de uma "selecção de Gaia" que potenciasse uma ascenção aos campeonatos profissionais por um membro da autarquia contraposta pela resistência que os sócios do clube poriam a essa possibilidade. De facto, a proliferação de clubes de freguesia é um pau de dois bicos: gera rivalidade ao nível dos campeonatos distritais, mas impede que se agreguem recursos para objectivos mais ambiciosos. Por comparação a outro concelho do Grande Porto, foi uma combinação de existência de poucos clubes no concelho com fortíssima vontade política que permitiu ao Gondomar SC instalar-se alguns anos na 2.ª Liga.

Anónimo disse...


Apesar de alguns clubes gaienses terem boas estruturas para chegar a a uma 1ª. liga, vai ser completamente impossivel chegar lá em virtude do bairrismo existente, aliás as boas estruturas que atualmente existem, lembro o Pedroso (Dr. Jorge Sampaio) que está nos distritais, o Perosinho agora com o sintético ficou com um belíssimo estádio, o Estádio da Lavandeira, o Candal, o centro de estágio do Porto que poderia albergar alguma colectividade gaiense...resumindo nunca saíremos da cepa torta apenas com alguns fogachos temporários de alguns clubes na 2ª divisão, casos do Sandim, Vilanovense, Canelas e agora o meu clube o Coimbrões, que deveria ser visto com outros olhos como clube de nacional e não promover derbiezinhos como o arcozelo/s.felix da 2ª. distrital...Por isso digo e afirmo, sempre bairrista.

Anónimo disse...

E, já agora, no seguimento do Anónimo anterior, convirá lembrar que - com a devida excepção do Coimbrões, que está na terceira época na 2.ª Divisão B, as 3 últimas experiências de equipas de Gaia nessa divisão (atenção, não estamos sequer a falar da 2.ª Liga!) acabou bastante mal: Canelas - extinto; Vilanovense - impedido de jogar a nível sénior; e Sandinenses - em descalabro competitivo até à 1.ª Distrital. (Não quero com estes exemplos sugerir que jogar na 2.ª Divisão B foi a causa fundamental para esses desaires, mas apenas que fez parte do rol de causas directas e indirectas para tal!) Eu desconheço a situação actual do Coimbrões, mas parece-me que, se quiser assumir algo mais - portanto, para deixar de ser tratado como clube de distrital - penso que deve fazer um upgrade sério ao campo que usa para os jogos em casa (não é MUITO melhor que o do Canidelo, se formos a ver...). Porque não joga no Estádio da Lavandeira, onde se poderia distinguir de muita concorrência e tem muito melhores condições? É claro que isso poderia implicar menos adeptos, mas seria um risco a correr para, definitivamente, se assumir como um clube de referência nacional.

Anónimo disse...

(Cont. anterior)

A razão para o upgrade não é assim tão menor como se possa pensar. É que tenho a certeza que o campo Silva Matos não só não cumpre condições mínimas para campeonatos profissionais como não tenho a certeza se sequer se tem espaço para obras necessárias, além que essas obras custariam dinheiro a alguém...

Anónimo disse...


O campo do coimbrões cumpre as medidas exigidas pela f.p.f para participar em provas nacionais, porque senão não poderia utilizar o recinto...noto falta de conhecimento sobre o Coimbrões e quando é assim, mais vale estar calado e não fazer figuras ignorantes, O SCCOIMBRÕES tem o parque Silva Matos no seu património, por isso não precisamos de ir para um municipal como o da Lavandeira, o campo precisa de obras e tê-las-á em devido tempo, sem ajudas camarárias que outros clubes gaienses tiveram, o SCCOIMBRÕES é só o maior clube de gaia a nível de sócios e simpatizantes e o que reúne melhores perspectivas actuais de desembolvimento, o que arrasta mais gente em casa e fora de portas, por isso surprende-me muito o facto das entidades competentes não darem o devido e merecido realçe ao crescimento fantástico que o clube tem tido nestes últimos 5 anos, no futebol e no basquetebol, SCCOIMBRÕES UMA BANDEIRA DE VN.GAIA.

SCCOIMBRÕES SEMPRE

Anónimo disse...


Como se opina uma coisa sem ter o minimo conhecimento de causa??? quem está em arcozêlo, nos limites do concelho pode ter alguma opinião sobre um clube do centro de gaia??? este blog é mais 2ª. distrital, arcozêlo, torrão, s.felix, pedroso, e não ter veleidades sequer de se autoproclamar blog gaiense, continue a brincar com os clubes distritais, que os nacionais são tratados em sede própria noutro contexto e por pessoas mais competentes e habilitadas.

Futebol Clube do Porto 'B' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

O campo Silva Matos não tem condições para jogos de campeonatos profissionais (1.ª e 2.ª Ligas), a não ser que sejam feitas obras. Se nem sequer o Estádio da Tapadinha (Atlético CP) tinha quando o clube subiu de divisão!! E o Estádio da Tapadinha era muito melhor sem as obras de melhoramento que o campo Silva Matos atualmente. Se querem ser clube de nacional, comparem-se com casos nacionais.

Anónimo disse...


O Coimbrões presentemente, quer queiram , quer não queiram é o clube melhor posicionado em gaia a nivel nacional, além disso temos formação de jovens desde os benjamins até aos juniores, claro que o Estádio Silva Matos precisa de obras, mas a vontade da Câmara é nula, para quê fazer um Estádio em Pedroso???? para o Porto B jogar? a Lavandeira existe porquê??? e os milhões que se gastaram lá, não era lógico ajudar um clube quase secular a ter melhores condições???? substituir o actual sintético (tem 12 anos) novos balneários, comodidade para visitantes e sócios (no qual me incluo) do Coimbrões??? temos o que falta a muita gente, muitos simpatizantes e localização priveligiada, temos futuro e eu acredito que este presidente vai dar aínda mais incremento ao Coimbrões, não desfazendo o grande trabalho do ex. presidente, Sr. Armindo Lobato, não me importava nada que todos os clubes de gaia acabassem e ficasse somente o Coimbrões para fazer frente aos 3 grandes, e temos um concelho enorme com mais de 300 mil habitantes.

VIVA O SCCOIMBRÕES

Anónimo disse...

Lá está! Estamos a falar das questões de vontade política de que falava o primeiro Anónimo! A vontade política é de promover/ajudar o FC Porto. O FC Porto é que é o verdadeiro clube de Gaia. Não é o Coimbrões ou outro qualquer. Se querem fazer frente aos 3 grandes, comecem a fazer em casa, ou seja, no concelho de Gaia.